“Araguaia – Histórias de amor e de guerra” está entre os 10 finalistas do Prêmio Jabuti 2015, na categoria reportagem e documentário.

O ambicionado Prêmio Jabuti, da Câmara Brasileira do Libro (CBL).

O ambicionado Prêmio Jabuti, da Câmara Brasileira do Livro (CBL).

O meu livro mais recente, que trata da luta armada na Bacia do Rio Araguaia, sul do Pará, durante o regime militar, foi escolhido como finalista do maior certame da literatura brasileira, promovido pela Câmara Brasileira do Livro (CBL). O Prêmio Jabuti 2015 recebeu cerca de 2.700 inscrições de obras em formato de livro. Deste total, foram selecionados 270 autores, divididos por 27 categorias. Na primeira fase do concurso, a eliminação foi radical. Cerca de 90% dos inscritos foram eliminados.

Estar entre os finalistas, na verdade, já é uma premiação. No mínimo, é um reconhecimento do esforço de autores consagrados e até estreantes. Só por isso já vale o selo de qualidade. Para mim, é um motivo de entusiasmo, apontando para o desenvolvimento de novos projetos. Já ganhei o Jabuti duas vezes (1994 e 2011). Estar entre os finalistas este ano é uma alegria. Cuido de temas ásperos: violência urbana, crime organizado e coisas do gênero, em um país de poucos leitores. Meu foco está na história recente do Brasil e suas contradições.

Meus editores na Record nunca questionaram as minhas propostas agressivas. Jamais me pediram para mudar qualquer coisa relacionada ao conteúdo das minhas afirmações, mesmo as mais contundentes. A minha casa editorial – pode-se dizer que é a maior editora sul-americana – tem sido um espaço de amplas liberdades. O publisher Sérgio Machado tem amigos entre os seus autores – coisa rara, porque em geral os editores são odiados.

Os meus livros premiados.

Os meus livros premiados.

Entre os 10 selecionados em cada categoria, 3 serão vencedores, escolhidos por um júri de especialistas. O resultado sai em meados de novembro. A entrega dos prêmios é no dia 3 de dezembro, no auditório do Ibirapuera, na capital paulista.

Anúncios
Esse post foi publicado em Politica e sociedade. Bookmark o link permanente.

2 respostas para “Araguaia – Histórias de amor e de guerra” está entre os 10 finalistas do Prêmio Jabuti 2015, na categoria reportagem e documentário.

  1. Taís disse:

    Parabéns, Carlos. O Sem Vestígios também ficou finalista em 2009. Foi uma grande vitória depois do Jabuti de Operação Araguaia! Abraços

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s