Missão brasileira está na Colômbia para libertar reféns

Trinta e cinco oficiais, sargentos e soldados do Exército partiram neste sábado (31 de março) da base aérea de São Gabriel da Cachoeira, a 850 quilômetros de Manaus, para a Villa Vicendo, pequena cidade na Colômbia, onde vão participar da libertação de 10 prisioneiros das FARCs, que são mantidos como reféns há mais de dez anos. A missão humanitária brasileira, autorizada pessoalmente pela presidente Dilma Rousseff, é a quarta operação de resgate das nossas forças armadas em solo colombiano. Com os militares, seguem outros 25 brasileiros, entre eles membros da Cru Vermelha Internacional, médicos e diplomatas. O governo colombiano prometeu suspender todos os combates na região, para facilitar a soltura dos reféns.

Os 10 prisioneiros das FARCs são soldados e policiais colombianos, os últimos militares do país vizinho mantidos como reféns pela guerrilha comunista. No entanto, centenas de civis ainda estão em poder das FARCs, que os considera “prisioneiros de guerra” e muitas vezes exige resgate em dinheiro por sua libertação. O encontro da missão brasileira com as FARCs e com os reféns deve acontecer na segunda-feira (2 de abril).  Os contatos com a guerrilha foram feitos pela ONG Colombianos pela Paz.

Fica aqui a nossa torcida para que tudo dê certo e vidas sejam poupadas.

Anúncios
Esse post foi publicado em Violência e crime organizado. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s