Libertados reféns da guerrilha na Colômbia

Deu certo: a missão humanitária brasileira na Colômbia salvou a vida de dez militares e policiais que estavam como “prisioneiros de guerra” das FARCs há mais de dez anos. A libertação dos reféns, supervisionada pela Cruz Vermelha Internacional, ocorreu apenas um dia após a chegada da força brasileira (ver o post anterior). Foi a quarta operação de resgate do Brasil no país vizinho, que há meio século vive uma sangrenta guerra civil.

Apesar do sucesso da missão, ainda existem centenas de civis em poder das FARCs. Mas a ação humanitária do Brasil abre novas portas para negociações de paz na Colômbia.

Anúncios
Esse post foi publicado em Violência e crime organizado. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Libertados reféns da guerrilha na Colômbia

  1. Cássio disse:

    Ao que parece o Brasil tem tido um papel relevante para a libertação de prisioneiros na Colômbia. Espero que o Brasil continue agingo ativamente em uma questão de relevância internacional como essa, sendo antes de tudo um dever humanitário.

    Curtir

    • carlos amorim disse:

      Obrigado pelo comentário, Cássio. ]
      De fato, o papel diplomático do Brasil está mudado, assim como o fato de que o país hoje exerce uma liderança no continente sul americano. Ou nós, ou Chaves. Por todas as razões, a nossa posição é bem melhor.
      Abs
      Camorim

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s