Dilma diz que não vai renunciar, defende Lula e garante: “tem gente querendo se promover”, numa referência ao Ministério Público e à Lava-Jato. O PMDB avisou que não vai deixar os 7 ministérios que ocupa no governo.

impeachment 15

Dilma diz que não tem gênio para resignação. Foto Agência Brasil.

                                   A presidente Dilma Rousseff deu entrevista coletiva no Planalto. Nesta sexta-feira (11 mar), todo mundo achava que falaria sobre a tragédia das chuvas em São Paulo, que pode chegar a 28 mortos, dos quais 18 já foram encontrados. Nem uma só palavra sobre isso. Dilma, na verdade, queria falar de política: garantiu que não renuncia, fez uma longa defesa de Lula, a quem chamou de uma das maiores lideranças políticas do país e vítima de uma injustiça. Nas entrelinhas, deu a entender que tem gente querendo se promover com a crise, numa referência velada ao Ministério Público e à Lava-Jato.

                                   Se o assunto era a política, porque evitou os temas centrais? Não falo nada sobre a convenção do PMDB, o maior partido da base aliada, marcada para amanhã. E também não c0nfirmou, nem desmentiu, as notícias da nomeação Lula como ministro de seu governo. Assim, deixou para os chamados observadores a análise desta coletiva de imprensa. Então, vejamos:

                                   O PMDB, a agremiação política mais “elástica” do Brasil, capaz de se moldar a qualquer situação, já adiantou que não vai deixar os ministérios que ocupa no governo – nem formalizar um rompimento com Dilma na convenção deste sábado. Pretende anunciar uma posição “independente”, porém sem largar as tetas. E o que isso vem a ser: deve liberar seus parlamentares para votar como acharem melhor em questões decisivas, como o ajuste fiscal e o impeachment. Com isso quer evitar uma divisão formal dentro do partido, que já está rachado em pelo menos três partes: os que apoiam Michel Temer; os que apoiam Eduardo Cunha; e os que ainda dão suporte ao Planalto.

impeachment 14

A última renúncia de um residente foi um desastre.

                                   Quanto a Lula integrar o ministério petista, não seria exatamente para evitar o juiz Sérgio Moro, já que ele passaria a ter foro especial no Supremo Tribunal Federal. Isso pode ser útil ao ex-presidente, mas a essência é outra: Lula é um negociador, um articulador político que pode fazer a diferença neste momento tão confuso da vida nacional, particularmente no Congresso. Ele poderia renegociar com os interesses da base aliada e conquistar outros apoiadores, tratando ainda de pacificar o próprio PT. Lula tem as credenciais necessárias. Como disse a comentarista de política da Globonews, Cristiana Lobo, é a “bala de prata” do governo, uma última tentativa de equilibrar o jogo político.

                                   E o jogo político é tão complicado, que a própria oposição teve que sair em defesa de Lula, diante do pedido de prisão preventiva do ex-presidente, feito pelo Ministério Público paulista. Lula foi denunciado por organização criminosa, falsidade ideológica, ocultação de patrimônio e lavagem de dinheiro. O cenário pode complicar ainda mais, a depender do tamanho das manifestações populares previstas para este domingo (oposição) e para o próximo (apoio a Dilma).

                                   É esperar e ver o bicho que vai dar.   

        

Anúncios
Esse post foi publicado em Politica e sociedade. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Dilma diz que não vai renunciar, defende Lula e garante: “tem gente querendo se promover”, numa referência ao Ministério Público e à Lava-Jato. O PMDB avisou que não vai deixar os 7 ministérios que ocupa no governo.

  1. Diana disse:

    Lula, o salvador ou articulador!!????? por favor!

    Não Seria para fugir do Moro ou da justiça? E quem faz isso é bandido.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s