Presidente do Supremo Tribunal Federal teria renunciado por temer ameaças.

Joaquim Barbosa. Foto O Globo.

Joaquim Barbosa. Foto O Globo.

O jornal O Globo, na edição de 30 de maio, publicou reportagem de primeira página informando que o ministro Joaquim Barbosa teria renunciado por temer ameaças. A matéria, assinada por Carolina Brígido e Washington Luiz, destaca que o presidente da Suprema Corte estava sendo atacado ferozmente nas redes sociais. Um dos agressores, por meio de um perfil apócrifo, escreveu: “contra Joaquim Barbosa toda violência é permitida; ele deve ser morto”. Outro internauta escreveu: “vai morrer de câncer ou com um tiro na cabeça”. A Polícia Federal investiga as ameaças, mas ainda não tem pistas.
Na mesma reportagem de O Globo, amigos do ministro dizem que ele foi obrigado a mudar seus hábitos após o julgamento do “mensalão”, porque estava sendo hostilizado em bares e restaurantes que costumava frequentar, no Rio e em Brasília. Certa vez, continua o jornal, foi cercado por um grupo de homens, supostamente militantes do PT. Outra matéria, da revista Veja, confirmou as informações. O próprio ministro, no entanto, não comentou o assunto. Joaquim Barbosa requereu aposentadoria onze anos antes de completar 70 anos, idade limite para a Corte.
Essa notícia trouxe enorme perplexidade ao país, porque os brasileiros não estão acostumados com ameaças terroristas. Além do mais, trouxe também uma grande decepção: o presidente da mais alta corte de justiça renuncia por sofrer ameaças no Facebook? É tão improvável que chega a assustar.

Anúncios
Esse post foi publicado em Violência e crime organizado. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s