Vovó do crime começou a matar quando já tinha quatro netos.

Caroline Grills, perigosa assassina em série.

Caroline Grills, perigosa assassina em série.

Quem vê a foto dessa simpática senhora não imagina se tratar de uma perigosa serial killer. Caroline Micleson nasceu em Sydney, Austrália, no final do século 19, mais exatamente em 1888. Aos vinte anos, casou-se com um operário metalúrgico, Richard Willian Grills, e teve seis filhos. Aos 50 anos, já era avó. Teve quatro netos. Conhecida na família como “Vovó Grills”, era uma típica senhora australiana, baixinha e rechonchuda, que usava óculos redondos de lentes grossas. Mas ela vivia entediada. Então, começou a matar.
A “Vovó Grills” está na enciclopédia dos criminosos mais perigosos da história, que você, leitor interessado, pode checar em “murderpedia.org”. A primeira pessoa que ela matou foi a própria madrasta, em 1947, à época com 87 anos. E não parou mais. Costumava convidar outras senhoras para o chá das cinco e lhes servia um excelente produto inglês, misturado com uma substância química chamada tálio, empregada na fabricação de raticidas e outros pesticidas. As vítimas adoeciam e morriam sem saber o que estava acontecendo.
O genro de uma das vítimas ficou desconfiado daquele chá e resolveu fazer uma visita à assassina. Ela serviu a ele uma daquelas bebidas batizadas com tálio. Esperto, o cara não bebeu o chá e ainda conseguiu levar uma amostra à polícia, que constatou a presença da substância tóxica. A “Vovó Grills” foi condenada por quatro homicídios e uma tentativa de homicídio. Mas as autoridades australianas investigavam 46 casos semelhantes. Caroline foi condenada à morte, sentença mais tarde transformada em prisão perpétua. Morreu na cadeia, em 1960.
Os especialistas em comportamento criminal disseram que ela sofria de um transtorno mental conhecido como psicopatia aguda. A imprensa da época chamou de “vocação para o crime”.

A "vovó do crime" foi sentenciada à morte.

A “vovó do crime” foi sentenciada à morte.

Anúncios
Esse post foi publicado em Violência e crime organizado. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s