Menina de 9 anos mata acidentalmente instrutor de tiro no Arizona. A garota aprendia a usar uma metralhadora Uzi. E foram os pais que a matricularam na escola de tiro.

menina mata instrutor de tiro 

                    Charles Vacca, ex-militar, 39 anos, instrutor de tiro no estado americano do Arizona, morreu com um disparo na cabeça quando ensinava uma menina de 9 anos a usar uma metralhadora Uzi, calibre 9mm, uma arma de guerra. A garota, cujo nome não foi revelado, havia sido matriculada no curso pelos próprios pais. Ela não conseguiu manter a metralhadora apontada para o alvo e atingiu o instrutor na cabeça. Charles chegou a ser socorrido, mas não resistiu.

                    A Uzi, de fabricação israelense, foi desenvolvida para comandos paraquedistas. É capaz de disparar todo o pente de balas em alguns segundos. A cadência de tiro dessa arma é de 600 projéteis por minuto. Pergunta-se: que tipo de pais, em sã consciência, paga para uma menina de 9 anos aprender a usar uma Uzi? É mais uma tragédia que mostra o caráter belicista da sociedade americana. Todos os anos ocorrem massacres em escolas, universidades e shoppings. Quase a metade dos americanos tem armas de fogo em casa. Um em cada dez trabalhadores do país é empregado em indústrias ligadas à produção de armamentos e meios de defesa. .   

Anúncios
Esse post foi publicado em Politica e sociedade. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s