Assassino de Hiromi Sato quer escapar da acusação de homicídio triplamente qualificado. Ele estrangulou a própria mulher, depois de agredi-la a socos e pontapés.

Hiromi e Sérgio Gadelha, durante o lançamento de um dos meus livros, em 2010.

Hiromi e Sérgio Gadelha, durante o lançamento de um dos meus livros, em 2010.

A defesa do advogado Sérgio Brasil Gadelha está tentando um recurso para desqualificar o bárbaro homicídio cometido contra a secretária-executiva Hiromi Sato. O crime aconteceu no apartamento do casal, na Rua Pará, em Higienópolis, no dia 20 de abril de 2013. Gadelha foi preso em flagrante. Quando a polícia chegou ao apartamento, ele estava sentado no sofá da sala assistindo à televisão, enquanto o corpo de Hiromi estava jogado no chão, a poucos metros.

O recurso à Câmara Criminal do Tribunal de Justiça, em São Paulo, será julgado na próxima quinta-feira. Os defensores de Gadelha pretendem transformar a acusação de homicídio em lesão corporal seguida de morte. Ou seja: sem a intenção de matar, o que levaria o caso para juízo singular, saindo do Tribunal do Júri. Considerando a brutalidade cometida contra Hiromi Sato, fartamente demonstrada nos autos, dificilmente o tribunal vai aceitar o apelo. Até agora, Sérgio Gadelha perdeu todos os recursos.

O acusado está preso em um batalhão da PM paulista: “prisão especial”, por ser diplomado em Direito. No Brasil é assim: ter um diploma significa status social, diferenciando o sujeito da gentalha que entope as prisões. Quero dizer: os pobres e desvalidos que entopem as prisões.

Anúncios
Esse post foi publicado em Politica e sociedade. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s