Indonésia executa o segundo brasileiro este ano. Apelos de Dilma Rousseff e protestos do Itamaraty não serviram para nada. Outros 847 estão presos no exterior por tráfico de drogas.

A família de Rodrigo Gularte tentou salvar a vida do condenado à morte.

A família de Rodrigo Gularte tentou salvar a vida do condenado à morte.

Rodrigo Muxfeldt Gularte, paranaense de 42 nos, foi fuzilado ontem (18 abril) num presídio perto de Jacarta, capital da Indonésia. Estava na cadeia há onze anos e foi condenado à pena de morte. Rodrigo tentou entrar no país asiático com 6 quilos de cocaína pura dentro de pranchas de surf. O carregamento foi avaliado em mais de 1 milhão de dólares, em valores locais. Outros seis prisioneiros tiveram o mesmo destino: o pelotão de fuzilamento composto por doze militares, dos quais nove tinham munição de festim.

Clarisse Gularte, 70 anos, mãe do paranaense, disse aos jornalistas que o filho apresentava sinais de transtorno mental (bipolaridade) desde a adolescência, quando começou a usar drogas. Na cadeia teve vários surtos psicóticos, mas as autoridades indonésias acharam que eram apenas “crises nervosas”, mantendo a condenação. A viagem de Rodrigo, em 2004, foi a primeira e única tentativa dele para ingressar no tráfico internacional. Foi apanhado na estreia.

Funcionário do presídio prepara uma cruz com o nome de Rodrigo.

Funcionário do presídio prepara uma cruz com o nome de Rodrigo.

As ilhas e praias da Indonésia são roteiro turístico para jovens de todo o mudo e estão no calendário do surf. O consumo de drogas no país é considerado uma epidemia, o que justificaria a pena capital para os traficantes. Assim como Rodrigo, atualmente outros 847 brasileiros estão presos no exterior por causa do tráfico. A maioria é de rapazes e moças de classe média alta, que resolvem entrar no mundo do crime como se fosse uma aventura.

Anúncios
Esse post foi publicado em Politica e sociedade. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s