Janot pede ao STF abertura de 83 inquéritos criminais contra políticos e 5 ministros. Encaminha mais 211 outros casos para a justiça federal, envolvendo pessoas que não têm foro especial. O procurador pede ao Supremo a quebra do sigilo para que os nomes sejam conhecidos.

impeachment 56

                           O Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, entregou ao Supremo Tribunal Federal (STF), nesta terça feira (14 mar), 320 pedidos de providências judiciais contra a corrupção no país. Oitenta e três são relativos a processos criminais contra políticos e 5 ministro do governo Temer, cuja competência é da Suprema Corte. Todos são investigados na Lava-Jato e foram denunciados pela Odebrecht. Também apresentou 211 pedidos de abertura de ações penais na justiça de primeiro grau, atingindo políticos sem mandato, empresários, doleiros e dirigentes partidários. Manda arquivar 7 casos em que não há provas para a acusação e adota outras 19 providências que não foram divulgadas. É de fato “a delação do fim do mundo”. É tão grave que vai cavar um fosso no governo e no Parlamento.

                                   Todos os envolvidos, agora oficialmente suspeitos de centenas de crimes, têm os nomes protegidos por segredo de justiça. Mas Janot também pediu ao STF a quebra desse sigilo, para que o país tome conhecimento de todos os envolvidos na bandalheira política e no ataque às contas públicas. Os pedidos reúnem milhares de páginas e terão que ser examinados pelo relator da Lava-Jato no Supremo, o ministro Édson Fachin. O ministro é favorável à quebra do sigilo, como já declarou inúmeras vezes.

                                   Agora é só esperar!       

Anúncios
Esse post foi publicado em Politica e sociedade. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s